Uma guerra contra o Irã será o “prego no caixão” para a hegemonia dos EUA no Oriente Médio