Turquia considera ‘inaceitável’ o ‘uso de linguagem ameaçadora’ pelos EUA