Três “ONGs” anglo-saxônicas interditadas na Rússia