Revista expõe dever americano de renovar Força Aérea devido ao progresso da Rússia e China