Resposta do Irã à agressão dos EUA ‘seria implacável e desproporcional’, avisa especialista