Por que os EUA ainda sancionam a Síria? Pequim pressiona Washington