Passagens bíblicas do “homem violento” viralizam nas redes sociais – eleitores estão revendo suas escolhas