O apoio do Banco Mundial e do FMI às ditaduras patrocinadas pelos EUA