Nobel da Guerra – a razão capitalista na retórica do 11 Setembro