Generais dos EUA admitem que a guerra no Afeganistão está num impasse e sem planos para reforçar as tropas da OTAN