Exército está autorizado a abrir fogo até contra crianças, diz general israelense