Ex-funcionários dos EUA ajudaram os Emirados Árabes Unidos a construir uma unidade secreta de espionagem