EUA não conseguiram assustar Coreia do Norte: que fazer agora?