‘Ditadura venezuelana’ deixa golpista solto e ‘democracia espanhola’ têm centenas de presos políticos