Da Embaixadora dos EUA na ONU: “O Príncipe saudita deve parar o comportamento agressivo”