Coreia do Norte não deve se surpreender se for traída pelos EUA, diz analista