Congresso dos EUA apresentou resolução proibindo “reuniões secretas” entre de Trump e Putin