CNN falsamente afirma que Guaidó foi eleito presidente da Venezuela em janeiro – não houve eleição em janeiro