China permanecerá na América Latina e EUA não têm escolha senão aceitar