Agência dos EUA admite que desde 2017 entregou US$ 467 milhões à oposição venezuelana