Venezuela cria frente dos países não alinhados pela paz mundial

 

 

Venezuela cria frente para a promoção da paz e do respeito ao direito à vida e independência dos povosVenezuela cria frente para a promoção da paz e do respeito ao direito à vida e independência dos povos

Depois de uma reunião com o chanceler do Estado da Palestina, Riad Al Malki, no Palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, Maduro indicou que o roteiro de trabalho dessa frente de luta contempla ações desde as chancelarias e governos dos 120 países que pertencem ao movimento, os quais também integram a Organização das Nações Unidas (ONU).

Nesse sentido, acrescentou que essas bandeiras serão levantadas em todo o mundo, em especial na sede da ONU, em Nova York, e na sede do Conselho de Segurança da ONU, em Genebra, Suiça.

A ideia é impulsionar o que já é uma realidade: o diálogo de civilizações, o diálogo de religiões, o diálogo de cultura pela paz, sobre a base do encontro, do respeito, entre culturas, religiões, povos, histórias, regiões, para acabar com a intolerância que está dando como resultado a perseguição contra os povos do sul, contra os povos pobres do mundo”, sublinhou o mandatário venezuelano.

Indicou também que a causa do povo da Palestina é fundamental nesse sentido, pois “o direito da Palestina a ter um Estado, território e independência é uma causa do mundo, é um clamor mundial, de ponta a ponta em nossa América, na Europa, Ásia e África”.

“Temos que ir a um diálogo de civilizações, à busca de uma cultura da paz, de convivência, para que cessem as ameaças contra os povos, que cessem as ameaças de guerra, de intervencionismo. Para isso, vamos lançar um grande movimento, uma grande frente pela paz mundial”.

Fonte: Agência Venezuelana de Notícias. Tradução do Resistência


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=253824

Publicado por em fev 27 2017. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS