Trump ordena a retirada das tropas do nordeste da Síria: Israel sozinho contra a Rússia e Irã

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou em uma série de tweets a iminente retirada das forças norte-americanas do norte e do leste da Síria. “Nós derrotamos o ISIS na Síria, minha única razão para estar lá durante a Presidência Trump”, disse ele. Altos funcionários do governo confirmaram na quarta-feira, 19 de dezembro, que haveria uma “retirada total e rápida”.

DEBKAfile observa que esta não é a primeira vez que o presidente Trump decidiu retirar as 2.000 tropas dos EUA da Síria. Ele decidiu isso em março, mas foi persuadido a adiar o secretário da Defesa, James Mattis, e o secretário de Estado, Mike Pompeo. Eles explicaram que, assim que as tropas americanas estivessem fora do caminho, os russos entrariam e assumiriam o controle da fronteira sírio-iraquiana e as forças pró-iranianas se espalhariam. O Irã receberia seu maior triunfo militar, conseguindo uma ponte de terra sob seu controle até o Mediterrâneo. O Hezbolah também seria fortalecido ainda mais.

Trump aceitou seus argumentos na época, mas agora está revertendo a sua crença consistente de que as tropas dos EUA não têm negócios na Síria desde que cumpriram sua missão e a Síria deveria ser deixada para os russos. Se Mattis e Pompeo voltarão a adiar ou não a saída militar dos EUA da Síria ainda não pode ser determinado. Se for adiante, Israel enfrentará uma nova e desastrosa realidade militar contra uma formação iraniana-síria desenfreada em sua frente norte. Esta situação reduziria virtualmente a operação das IDF contra os túneis do Hezbollah à irrelevância comparativa.

Debka (site sionista tendencioso)


Nota da Redação:

Será um duro golpe para Israel que adora bater e se esconder atrás do mais forte, se isso for verdade.

O medo de Israel é um só, a coalizão de países que não aceitam o sionismo, tampouco a expansão militar no OM, ter que acabar!

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259506

Publicado por em dez 21 2018. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS