Trump, “o energúmeno”, pede para a China punir a Coreia do Norte

Diante do total fracasso dos EUA em todas as frentes para deter a Coreia do Norte em sua trajetória para se consolidar como potência nuclear e de mísseis, a embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Nikki Haley, voltou a ameaçar o governo da China para que ele puna a Coreia do Norte. As ameaças de Haley não passam blefes para ocupar espaço na imprensa, uma vez que a China jamais ser curvará aos interesses criminosos dos EUA.

Segundo a embaixadora os EUA ameaçam tomar a crise coreana “em suas próprias mãos” e vai impor sanções secundárias a Pyongyang. O desespero da diplomacia norte-americana acontece diante do fracasso de suas medidas, mesmo utilizando as Nações Unidas como fantoche de seus projetos terroristas e imperialistas.

O marechal Kim Jong Un manifestou reiteradas vezes que desistirá do programa nuclear se os EUA fizerem o mesmo. Ele destruirá suas ogivas nucleares, desde que os EUA destruam suas bombas atômicas, hoje depositadas em diversas bases norte-americanas espalhadas pelo mundo, incluindo na Coreia do Sul.

Os exercícios militares dos EUA e Coreia do Sul (os maiores da história, envolvendo 2 porta-aviões e aviões com ogivas nucleares) não amedrontaram a Coreia do Norte que, ao contrário, continuou – e continua – realizando com sucesso seus testes balísticos com foguetes de longo alcance.

marchaverde.com.br

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=257014

Publicado por em dez 11 2017. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS