Submarino argentino militar que estava desaparecido é localizado, diz jornal

Sem comunicação desde quarta-feira e com 44 pessoas a bordo, ARA San Juan estava a cerca de 300 km ao leste de Puerto Madryn. Explosão em painel de baterias deixou submarino sem propulsão elétrica.

Submarino militar argentino ARA San Juan é visto deixando o porto de Buenos Aires (Foto: Armada Argentina/Handout via Reuters)

Submarino militar argentino ARA San Juan é visto deixando o porto de Buenos Aires (Foto: Armada Argentina/Handout via Reuters)

O submarino militar argentino ARA San Juan foi localizado na noite desta sexta-feira (17), após desaparecer dos radares e ficar totalmente sem contato desde a última quarta-feira.

Uma grande operação de busca estava em andamento, com duas aeronaves e três embarcações e a ajuda do International Submarine Escape and Rescue Liaison Office, um grupo criado pela OTAN, que anunciou a localização.

Segundo o jornal argentino Gaceta Mercantil, o submarino estava a cerca de 300 km ao leste de Puerto Madryn, a aproximadamente 70 km de profundidade.

Uma explosão em um painel de baterias na proa o deixou sem propulsão elétrica. A falta de energia já era apontada como a possível causa da falha e consequente sumiço do San Juan dos radares e sua falta de comunicação.

Ainda de acordo com a Gaceta Mercantil, a equipe de busca coordena agora uma operação para resgatar os 44 tripulantes.

O submarino saiu de Ushuaia com destino a Mar del Plata, e levava um estoque de comida suficiente para vários dias de viagem. De acordo com o porta-voz da Marinha argentina, Enrique Balbi, era possível que ele terminasse o trajeto mesmo sem conseguir fazer comunicação com a terra firme.

Reuters


Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=256824

Publicado por em nov 18 2017. Arquivado em TÓPICO I. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS