Sanções contra a Rússia chegam ao Linux e até à fonte Times New Roman

 

Rbth

Empresa norte-americana se recusou a licenciar Times New Roman à Astra LinuxEmpresa norte-americana se recusou a licenciar Times New Roman à Astra Linux

A fonte Times New Roman é utilizada em todos os documentos oficiais da Rússia, inclusive nos órgãos governamentais. Assim, a recusa da companhia Imagine Monotype, que detém os direitos das fontes mais populares, em renovar a licença tornou-se um problema sério no país.

Para contorná-lo, o Astra Linux e a empresa “Para Type” desenvolveram novas fontes nacionais abertas, a PT Astra Sans e a PT Astra Serif. Os desenvolvedores do Astra Linux declararam que as novas fontes são “análogas métricas de alta qualidade” da Times New Roman.

O uso das novas fontes não alterará muito o formato dos documentos, já que as mudanças entre as fontes são mínimas, como a empresa mostra em uma tabela comparativa.

A Astra Linux foi criada em 2010 diante da proibição de importação de softwares importados pelo governo russo e provê proteção de dados para informações classificadas “top secret”.

A companhia foi certificada oficialmente pelo Ministério da Defesa da Rússia, pelo Serviço Federal para Controle Técnico e de Exportação e pelo Serviço Federal de Segurança (FSB), órgão que substituiu o Comitê Estatal de Segurança (KGB na sigla em russo).


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=251886

Publicado por em dez 13 2016. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “Sanções contra a Rússia chegam ao Linux e até à fonte Times New Roman”

  1. enganado

    Onde a RÚSSIA mandou os USraHell enfiarem seus software? País soberano é uma merda!!!! Não é general????

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS