Rússia: Coreia do Norte não renunciará às suas armas nucleares enquanto se sentir ameaçada

O diretor Mikhail Ulyanov, do Departamento para a Não Proliferação e Controle de Armamento do Ministério do Exterior, disse na terça-feira que a Coreia do Norte mantém a sua postura nuclear por se sentir “ameaçada” por outros países.

“A atividade militar de alguns países cria tensão na Península Coreana”, disse Ulyanov. “A Coreia do Norte não renunciará a suas armas nucleares enquanto não deixar de se sentir ameaçada”.

A afirmação aparece no mesmo dia em que o sistema de defesa antimísseis norte-americano THAAD atingiu o caráter operacional na Coreia do Sul, apesar dos protestos da China e de parte da própria população sul-coreana.

Da sua parte, o Kremlin destacou ainda que seguirá cumprindo o que manda o Tratado de Redução de Armas Estratégicas de 2010 (Start III), reduzindo o seu arsenal nuclear.

“Apesar das circunstâncias internacionais não tão favoráveis, a Rússia segue adotando medidas concretas para reduzir o seu arsenal nuclear”, afirmou Ulyanov. O diretor russo espera concluir os níveis assinalados pelo Start III em 5 de fevereiro de 2018.

Reuters


Nota da Redação:

É a única coisa que os EUA respeitam: força bruta.

Fora isso, eles invadem e chacinam, tudo em nome da democracia e direitos humanos deles, apoiados pela mídia imperialista.

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=254871

Publicado por em maio 3 2017. Arquivado em 3. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS