Pyongyang não precisa de ajuda externa para produzir mísseis

A Reuters, citando fontes da inteligência norte-americana, comunicou que a Coreia do Norte não depende dos fornecimentos externos para produzir os mísseis.

“Temos informação que permite supor que a Coreia do Norte não é dependente das importações de motores. Acreditamos que a Coreia do Norte é capaz de produzir os seus próprios motores”, comunicou o interlocutor da Reuters.

Há pouco, o The New York Times comunicou que Pyongyang podia ter adquirido no mercado negro motores produzidos na Ucrânia para equipar os seus mísseis balísticos.

O secretário do Conselho de Segurança e Defesa Nacional da Ucrânia, Aleksandr Turchinov, afirmou por sua vez que a Ucrânia não forneceu armas e tecnologias para Pyongyang.

Reuters e NYT


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=256049

Publicado por em ago 16 2017. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS