Pyongyang adverte Trump: Você terá que enfrentar um estado nuclear

  • O presidente eleito Donald Trump (à esquerda). E o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

    O presidente eleito Donald Trump (à esquerda). E o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

A Coreia do Norte alertou que o presidente eleito Donald Trump, terá de enfrentar um “Estado nuclear”.

“Se há algo que a administração Obama tem feito (…) foi colocar a segurança dos EUA no maior perigo. O novo governo terá a responsabilidade de lidar com o status nuclear, diz um artigo publicado quinta-feira pelo norte-coreano jornal estatal  Rodong Sinmun,  referindo-se à ideologia normalmente traduzido como “auto – suficiência”.

Além disso, sublinhou que a tentativa de Washington de desnuclearizar a Coreia do Norte era uma “ilusão ultrapassada” e instou o novo Governo dos EUA a abandonar as políticas “fracassadas” de Obama.

O jornal também condenou a política de “paciência estratégica” em que continuaram a pressionar o país com sanções, numa tentativa de convencê-la a deixar suas armas, como já avisou que estas medidas deixariam apenas problemas para o sucessor.

Embora Trump ainda não definiu uma posição clara na sua política em relação à Coreia do Norte, disse em maio passado que estaria aberto a conversações com o líder norte-coreano Kim Jong-un , para convencê -lo a abandonar suas ambições nucleares.

Pyongyang acusou de posturas absurdas Trump sobre a questão nuclear da Coreia do Norte – – HispanTV.com

A Coréia do Norte sênior acredita que as observações do candidato presidencial republicano Donald Trump, sobre a questão nuclear de Pyongyang mostrar somente a política hostil dos EUA contra seu país.

 

No entanto, a Coreia do Norte viu uma eleição “propaganda” a ideia de magnata republicano dialogar com Pyongyang para tratar seu programa nuclear e marca como “nonsense”.

As relações de Washington e Pyongyang tornaram-se tensas pela  escalada nuclear e militar  da Coreia do Norte, o que justifica a sua posição com a necessidade de defender o que considera os movimentos provocantes da  Coreia do Sul e do Estados Unidos .  

Em 17 de outubro,  o governo alertou que Pyongyang está preparada para lançar um ataque nuclear preventivo  contra o US, se as forças nucleares dos EUA forem mobilizados contra ele . Anteriormente, Kim Jong-un havia enfatizado a necessidade de reforçar ainda mais o arsenal nuclear do país, até mesmo pedidos para executar uma  bomba de teste do hidrogênio .

myd / CTL / ALG / RBA


Nota da Redação:

Assim é que se diz, diante de um governo autoritário, autoproclamado Xerife do mundo!

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=251131

Publicado por em nov 11 2016. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS