PF mandou avião buscar Battisti para ‘show’ midiático de Bolsonaro; voltou vazio

A articulação do governo Bolsonaro para transformar a prisão do italiano Cesare Battisti num show midiático terminou com um avião vazio; foi um fiasco. Foi enviado à Bolívia um avião da Polícia Federal para trazer Batistti como “troféu” do bolsonarismo. A ideia era articular uma bombástica apresentação do “terrorista” para para agitar o fantasma do terrorismo, acusar o PT, os movimentos sociais e toda a esquerda, e criar um clima de terror.

O que acabou com a festa de tintas macabras do governo de extrema-direita foi a postura altiva e corajosa do presidente boliviano, Evo Morales, que se  recusou a negociar com o governo brasileiro e estabeleceu uma linha direta com o governo italiano. Neste momento, noite de domingo, o avião da PF está estacionado em algum hangar em Brasília, enquanto o avião a serviço do governo italiano está a caminho do aeroporto de Ciampino, em Roma, desde o aeroporto de Viru Viru em Santa Cruz de la Sierra.

A cúpula do governo movimentou-se desde logo cedo em frenesi para arrancar seu “troféu” das mãos dos bolivianos. Logo cedo, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, sai de uma reunião com Bolsonaro e outros membros da cúpula do governo no Palácio da Alvorada e garantiu que antes de seguir para a Itália, Batistti viria ao Brasil, em avião da Polícia Federal. Morales enterrou com a pretensão bolsonarista.

Brasil247


Nota da Redação:

O governo da Itália teria que ser muito burro para deixar trazer Batistti ao Brasil, em meio o emaranhado jurídico que se instalou nos tribunais!

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259637

Publicado por em jan 14 2019. Arquivado em TÓPICO I. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS