Pentágono informa “incidentes” entre USS Porter e caças russos

  • O porta-aviões americano USS Porter vela nas águas do Oceano Atlântico, 29 de janeiro de 2012.

    O porta-aviões americano USS Porter passa pelas águas do Oceano Atlântico, 29 de janeiro de 2012.

O Pentágono informou incidentes nesta terça-feira entre o porta-aviões americano USS Porter e os caças russos no Mar Negro.

“O USS Porter contatou-os, mas não obteve resposta”, disse o capitão Danny Hernandez, porta-voz do Comando Europeu dos EUA.

Hernandez detalhou que os incidentes ocorreram em 10 de fevereiro, quando aviões de caças russos SU-24 voaram muito rápido e um IL-38 voou foi baixa sobre o USS Porter.

O USS Porter contactado todos os planos, mas não obteve resposta “, disse o capitão Danny Hernandez, porta-voz do Comando Europeu dos EUA, sobre os incidentes entre os porta-aviões norte-americanos e caças russos.

Os militares dos EUA acusou os pilotos russos para realizar uma ação “pouco profissional”, porque tal comportamento poderia ter causado “um acidente”.

Uma autoridade dos EUA, sob condição de anonimato, afirma que o incidente mais perigoso envolvido um único Sukhoi SU-24, que ficou muito perto de USS Porter.

“Incidentes como este são preocupantes, porque a falta de comunicação poderia tornar-se um acidente ou erro de cálculo” , advertiu, o tenente-coronel David Faggard, outro porta-voz para o Comando Europeu dos EUA

Não é a primeira vez que é o atrito entre as tropas dos EUA e da Rússia , embora esta seja a primeira que ocorreu desde Donald Trump se tornou presidente. Em abril 2016 dois aviões de guerra russos simularam um ataque perto de um destróier dos EUA no mar Báltico.

Durante a campanha eleitoral, Trump sugeriu que tais incidentes mostrar “o quão baixo eles caíram, eles podem jogar com a gente dessa maneira”, e insistiu que o presidente russo, Vladimir Putin, deveria ser advertido em uma conversa por telefone para colocar um fim nesses acontecimentos, e se continuaram tais voos, deveria disparar neles.

hispantv.com


Nota da Redação:

Como fala nosso leitor Enganado, cadê culhões para aproximar o dedo do gatilho, sequer disparar? Em poucos segundos a banheira se alvejada e se transformará num recife para os peixes do Mar Negro!

Aliás, é tudo o que a Rússia precisava, para depois desse incidente, resolver com um cascudo bem dado, as colocações de baterias antimísseis e tropas nos países bálticos e limítrofes que estão com a Otan.

 

 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=253336

Publicado por em fev 16 2017. Arquivado em 3. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “Pentágono informa “incidentes” entre USS Porter e caças russos”

  1. enganado

    Isto tudo é fogo de palha do PENTÁGONO, por acaso o Mar NEGRO é no Golfo do México? Imaginem se fosse algum barco de guerra da RÚSSIA e/ou CHINA nos mares da costa dos USraHell? Até estas horas a caganeira no PENTÁGONO / CIA / NSA / MOSSAD / … não tinha acabado. Haja papel higiênico!!!! Tá faltando TESTOSTERONA na rapaziada de Beverly Hills.

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS