Os EUA tentam influenciar as eleições presidenciais da Rússia

  • O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Ryabkov, fala durante uma cerimônia oficial.

A Rússia denuncia que a nova rodada de sanções que Washington provavelmente visa influenciar indiretamente os assuntos internos d a Rússia, um país euro-asiático antes das eleições presidenciais agendadas para 18 de março de 2018.

Em uma entrevista com a agência local de notícias TASS no sábado , o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, informou que Washington apresentará dois relatórios anti-russos, que incluirão sanções contra Moscou.

“Vemos isso como outra tentativa de influenciar a nossa situação interna, especialmente antes das eleições presidenciais”, afirmou Riabkov.

A este respeito, o vice-chanceler russo detalhou que é provável que um dos relatórios amplie o número de funcionários e empresas russas que entram na lista de embargos e o outro abordará a questão da eficácia atual das sanções.

Imponhondo mais sanções anti-russas pelos EUA: “Nós a vemos como outra tentativa de influenciar nossa situação interna, especialmente antes da eleição presidencial”, denuncia o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Ryabkov.

Putin adverte que os EUA tentam interferir na presidência russa | HISPANTV

Putin acredita que os EUA tentarão interferir nas eleições presidenciais da Rússia, em retaliação pelo suposto envolvimento da Rússia nas eleições presidenciais de 2016.

 

Dada esta situação assegurou-se de que Moscou mantenha todas as opções na mesa para combater as medidas anti-russas dos EUA e diz que o presidente Vladimir Putin tomará as medidas adequadas a este respeito.

“Nós tomamos isso filosoficamente”, diz o diplomata russo. “Podemos ver aqui outra tentativa de influenciar a nossa situação interna, especialmente antes das próximas eleições presidenciais”.

Depois de criticar que vários países do mundo são alvos de embargos dos EUA , o diplomata russo denunciou que “qualquer ação de qualquer participante na comunidade internacional, que Washington não aprova, resulta em sanções dos Estados Unidos”.

Os Estados Unidos acusam a Rússia de intervir nas eleições presidenciais de janeiro de 2016 para ajudar Donald Trump a alcançar a Casa Branca, uma acusação  rejeitada por Moscou .

fmk / rba / nii /


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=257299

Publicado por em jan 13 2018. Arquivado em 3. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “Os EUA tentam influenciar as eleições presidenciais da Rússia”

  1. enganado

    Já prestaram a atenção que não têm sanções contra aqui o PUTEIRO/GALINHEIRO/POCILGA/RENDEZ-VOUS/ESCULHAMBAÇÃO/ . . . etc, contra as violações da Constituição dUS ___braZiUSA___? O pessoal a que refere o “”””artigo 142″””” pensam do mesmo modo dos USraHell. Então não dá para desconfiar ter alguma coisa bem dura “””por trás””””? Ou seja o ex-BRASIL está mesmo sendo “””MUITO BEM ENRABADO””””. Me desmintam, se puderem!!!!!

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS