Novo míssil do Hezbollah especializado em ‘destruir navios de guerra militares’

 

Uma foto divulgada por um ativista mostra o míssil que foi recentemente revelado pelo movimento de resistência do Hezbollah no Líbano, que ele disse ser capaz de destruir todos os navios de guerra militares.
Uma foto divulgada por um ativista mostra o míssil que foi recentemente revelado pelo movimento de resistência do Hezbollah no Líbano, que ele disse ser capaz de destruir todos os navios de guerra militares.

Um míssil recentemente lançado pelo Hezbollah é capaz de destruir todos os tipos de navios de guerra militares, diz uma conta no Twitter afiliada ao movimento de resistência libanês. 

A arma é “especializada em destruir todos os navios de guerra militares de todos os tipos e em aniquilar todos os que estão a bordo”, afirmou a empresa em uma foto do novo míssil.

O tweet, amplamente divulgado pela mídia israelense, disse que o míssil superfície-mar foi revelado pelo grupo de resistência há cerca de um mês e meio.

No mês passado, o Hezbollah divulgou imagens e imagens de um míssil anti-navio que atingiu o INS Hanit, uma corveta Sa’ar de 5 classes da marinha israelense construída por Northrop Grumman, durante a Segunda Guerra do Líbano de 2006. Segundo o exército israelense, quatro soldados foram mortos em um dos ataques mais significativos da guerra.

Em um documentário exibido no canal de TV al-Manar do Líbano, marcando a guerra, o Hezbollah transmitiu imagens de reconhecimento do navio da costa libanesa, os preparativos para o lançamento do míssil, a sala de operações que conduziu a greve e as imagens noturnas que mostravam o impacto do míssil.

Na semana passada, o secretário-geral do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, disse que o movimento não observa mais “linhas vermelhas” em responder a Israel depois que uma incursão de drones no Líbano em 25 de agosto foi retaliada pelo grupo.

“É o direito dos libaneses defender seu país e soberania, e não haverá linhas vermelhas”, disse ele.

PressTV-'Líbano reserva-se o direito de se defender de Israel'

PressTV-‘Líbano reserva-se o direito de se defender de Israel’

O chefe do movimento de resistência libanês Hezbollah diz que o país se reserva o direito de se defender das ameaças de Israel.

“Apesar de todas as ameaças e intimidações, hoje estamos afirmando o equilíbrio de poder e reforçando a força dissuasora que protege nosso país”, disse Nasrallah.

O Hezbollah foi estabelecido após a invasão e ocupação israelense de 1982 no sul do Líbano. O movimento expulsou as forças israelenses do Líbano em maio de 2000.

Desde então, o grupo se transformou em uma poderosa força militar, causando repetidos golpes nas forças armadas israelenses, inclusive durante uma guerra de 33 dias em julho de 2006.

Presstv


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=260823

Publicado por em set 16 2019. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS