Navios de guerra russos com mísseis Zircon e Caliber são enviados inesperadamente para base naval em Cuba

Os navios de guerra russos ficarão baseados em Cuba – serão especialmente equipados com “Calibre” e “Zircon”.

Em resposta ao envio de tropas americanas às fronteiras russas, a Rússia retomará sua presença permanente ao largo da costa dos Estados Unidos, enviando seus navios de guerra e submarinos armados com mísseis de cruzeiro Calibre e Zircon a Cuba. Estamos a falar, segundo fontes, do centro de rádio eletrónica de Lourdes (já decorrem negociações desde 2014 – ed.), Bem como da base na baía de águas profundas da cidade de Cienfuegos.

“As conversas que a Rússia pretende devolver às suas antigas bases militares de Cam Ranh (Vietnã) e Lourdes (Cuba) acontecem há pelo menos cinco anos. Em 2016, o vice-ministro da Defesa e o secretário-geral de Estado do Exército Nikolai Pankov (isto é, uma pessoa oficial) expressaram a ideia desse retorno. Os planos do Ministério da Defesa da Federação Russa a esse respeito, entretanto, não foram decifrados. Eles dizem que precisamos – então vamos enviar para esses pontos estratégicos do ponto de vista dos interesses da Rússia. Além disso, já vivemos nos locais. 

No entanto, até a criação de bases militares de pleno direito, como, por exemplo, em Khmeimim (Síria), até agora as coisas não aconteceram. Ninguém fez segredo que a visita do Comandante-em-Chefe da Marinha Russa estava ligada à modernização dos portos, onde navios e submarinos da frota russa pediriam reabastecimento. É apropriado lembrar aqui que na década de 1970, submarinos nucleares e navios de guerra de superfície da Marinha da URSS entraram periodicamente na Ilha da Liberdade, na baía de Cienfuegos. E agora, muito provavelmente, há uma necessidade de atualizar esses berços e instalações costeiras para submarinos nucleares russos, que já estão secretamente em alerta no Golfo do México. “, – relatou a publicação “Free Press”.

Notável é o fato de que, enquanto estiver na costa de Cuba, a frota russa pode facilmente atacar com mísseis de cruzeiro a distâncias de até 2 a 3 mil quilômetros, e as principais bases militares americanas estarão sob a mira de armas. Submarinos nucleares russos podem aparecer aqui mais tarde, no entanto, no momento não há necessidade disso, já que os Estados Unidos observaram que não colocariam armas nucleares perto das fronteiras russas.

Deve-se notar que apesar da ausência de declarações oficiais da Rússia, o Ministério da Defesa da Federação Russa não refuta os dados sobre o possível aparecimento iminente de instalações militares russas no território de Cuba, especialmente porque não há objeções especiais de Cuba a este respeito.


Подробнее на: https://avia.pro/news/rossiyskie-boevye-korabli-s-raketami-cirkon-i-kalibr-neozhidanno-otpravlyayut-na-bazu-vms-na


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=262529

Publicado por em ago 23 2020. Arquivado em TÓPICO IV. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS