Moscou: Os EUA cruzaram a linha vermelha ao invadir o consulado russo