Moscou está disposto a abater mísseis lançados pela Ucrânia

Moscou advertiu Kiev da sua prontidão para abater mísseis ucranianos durante os lançamentos anunciados na região da Crimeia se as ações dos militares ucranianos representarem ameaça. Isso foi comunicado pelo jornal russo Vedomosti que citou o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov.

Resultado de imagem para missil
O representante do Kremlin confirmou que o respectivo aviso integrava a nota diplomática que as autoridades russas enviaram a Kiev, frisa o jornal.

Na semana passada, a Ucrânia anunciou lançamentos de mísseis perto da Crimeia em 1 e 2 de dezembro, tendo notificado que determinadas zonas sobre a águas neutrais do mar Negro e, parcialmente, sobre o mar territorial russo (que se situa a sudoeste e sudeste da Crimeia) seriam perigosas para os voos. Após disso, o Ministério da Defesa russo entregou ao adido militar na Embaixada da Ucrânia uma nota de protesto quanto às manobras planejadas. Dizia-se no documento, que “as fronteiras sudoeste da zona perigosa anunciada pela parte ucraniana violam as fronteiras do mar territorial russo, o que é uma violação do direito internacional e da legislação russa”.

A chancelaria russa chamou a conduta ucraniana de provocação para causar uma retaliação dura por parte de Moscou, enquanto a Rosaviatsiya (Agência Federal dos Transportes Aéreos) considerou estas ações como uma tentativa de “penetrar” no espaço aéreo russo. Além disso, segundo frisou o Ministério, os planos de lançamento violam os acordos internacionais e criam uma ameaça para as aeronaves civis.

Na véspera dos acontecimentos, o porta-voz de Vladimir Putin, Dmitry Peskov, disse aos jornalistas que o Kremlin não gostaria de permitir quaisquer ações ucranianas que pudessem criar condições perigosas para os voos internacionais sobre o território russo e nas regiões vizinhas.

Sputnik.


Nota da Redação:

Uma excelente oportunidade para os russos mandarem um recado fulminante para a OTAN, que está por trás dessas provocações!

 

 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=251552

Publicado por em dez 1 2016. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “Moscou está disposto a abater mísseis lançados pela Ucrânia”

  1. enganado

    Vamos fazer o mesmo na fronteira do México com USraHell, e aí já imaginaram a caganeira dos generalecos do PENTÁGONO? Pimenta no rabo dos outros é refresco.

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS