Ministério da Justiça turco cancela visita de estudo aos EUA em meio à disputa de vistos

Uma foto de arquivo de passaportes americanos e turcos
Uma foto de arquivo de passaportes americanos e turcos

O Ministério da Justiça da Turquia diz que decidiu contra um plano de enviar uma delegação aos Estados Unidos sobre uma disputa diplomática em curso entre os dois aliados da OTAN sobre a emissão de vistos.

“Devido à recente crise de vistos entre os dois países, a visita foi cancelada pelo nosso Ministério”, afirmou em um comunicado.

Os meios de comunicação disseram anteriormente que a delegação, que deveria visitar os EUA para fins de pesquisa, tinha sido negada vistoria, mas o ministério disse que não havia nenhum pedido de visto em primeiro lugar.

A linha diplomática começou em maio, depois que o país prendeu um funcionário consular dos EUA na cidade do sul de Adana.

As tensões se intensificaram no início deste mês depois de Ankara ter feito uma prisão similar em Istambul, levando os EUA a parar de emitir vistos em suas missões diplomáticas com base em Turquia, citando preocupações de segurança com seus funcionários.

Em resposta, a Turquia também congelou “todos os serviços de vistos” para os americanos nos EUA.

Foto tirada em 20 de dezembro de 2016 mostra a embaixada dos EUA em Ancara. (Por AFP)

Ankara acusou ambos os detidos de ter ligações com o clérigo da oposição, Fetullah Gulen, que ele culpa pela tentativa de golpe de Estado de 2016 contra o governo turco.

Entretanto, a polícia turca quer questionar outro membro da missão diplomática americana em Istambul. Eles prenderam e depois liberaram sua esposa e filha sobre supostos laços com Gulen.

A Turquia está, no entanto, indignada com a recusa dos EUA de extraditar Gulen. Washington diz que deve haver evidências suficientes para apoiar a afirmação de que o clérigo esteve envolvido no golpe militar abortivo.


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=256623

Publicado por em out 25 2017. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS