Mídia: ex-agentes da KGB ajudam na proteção de Kim Jong-un

A Coreia do Norte teria supostamente contratado ex-agentes do Comitê de Segurança do Estado, mais conhecido pelas suas siglas KGB, agência de inteligência soviética, para ajudar a proteger o líder do país, Kim Jong-un, informa o jornal japonês Asahi Shimbun, citando fontes competentes.

Segundo afirma o jornal, cerca de dez ex-agentes da KGB, que tinham trabalhado no departamento de luta contra o terrorismo, foram convidados por Pyongyang em fevereiro passado.

As autoridades norte-coreanas lhes pediram para treinar os guardas pessoais de Kim Jong-un e compartilhar suas experiências na prevenção de atentados, neutralização de terroristas e luta contra espiões.

Kim Jong-un durante a comemoração dos 60 anos do fim da Guerra das Coreias, em 2013 (foto de arquivo)

De acordo com o Asahi Shimbun, os altos funcionários norte-coreanos estão principalmente interessados em proteger o líder do país de possíveis atentados que os EUA possam efetuar com o uso do armamento mais moderno.Pyongyang teme especialmente os drones de ataque norte-americanos Grey Eagle.

No início de maio, representantes do Ministério da Segurança Nacional da Coreia do Norte declararam que a CIA e o serviço de inteligência da Coreia do Sul estavam planejando eliminar Kim Jong-un com uma substância bioquímica.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=256136

Publicado por em ago 26 2017. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS