McCain diz que ataques cibernéticos russos contra EUA são um “ato de guerra”

O Senador dos EUA e ex-candidato presidencial John McCain diz que os alegados ataques cibernéticos da Rússia contra organizações políticas para influenciar a eleição presidencial de 2016, representaram um “ato de guerra”.

McCain, republicano do Arizona, agendou uma audiência para a próxima semana sobre ataques cibernéticos estrangeiros contra os EUA, que também se concentrarão na pirataria russa.

Ele convidou o diretor de Inteligência Nacional James Clapper, o diretor da Agência de Segurança Nacional Mike Rogers e o subsecretário de Defesa para Inteligência Marcel Lettre, para a audiência da próxima semana

McCain, que é presidente do Comitê de Serviços Armados do Senado, é um dos mais famosos falcões da política externa de Washington.

“Quando você ataca um país, é um ato de guerra”, disse McCain dos últimos hackings na TV ucraniana  durante uma visita a Kiev.

“E por isso temos de garantir que haja um preço a pagar para que possamos persuadir os russos a parar este tipo de ataques contra os nossos fundamentos da democracia”, disse ele.

McCain e outros líderes do Congresso se comprometeram a pressionar a legislação no próximo ano sobre sanções contra a Rússia, além daquelas anunciadas pelo presidente Barack Obama nesta semana. O senador criticou as recentes sanções como insuficientes e atrasadas.

Entretanto, o presidente entrante Donald Trump questionou repetidamente a exatidão da inteligência dos EUA que aponta a responsabilidade de Rússia e disse que era hora de “mover-se sobre.”

A alegação dos EUA foi rejeitada por Moscou.

Julian Assange, o fundador da WikiLeaks, que publicou os e-mails roubados, negou que o governo russo forneça os arquivos.

Obama tomou medidas sem precedentes na quinta-feira para retaliar contra a suposta interferência russa nas eleições presidenciais deste ano, incluindo a expulsão de 35 diplomatas russos dos EUA.

presstv


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=252331

Publicado por em dez 31 2016. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “McCain diz que ataques cibernéticos russos contra EUA são um “ato de guerra””

  1. enganado

    Se assim o for, invadam a RÚSSIA e vejam no que vai acontecer. Agora precisa ser muito homem para isso, e não ficar dentro de uma trincheira dando tiros à esmo.

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS