Líbia, sepultada no crime e no silêncio, por Higino Polo