Líbano mantém alerta na fronteira após ameaça militar israelense

O Exército libanês está pronto para qualquer eventualidade na fronteira com Israel, ao mesmo tempo que o país árabe faz esforços junto às forças da ONU para manter a estabilidade na área, disse a instituição militar em um comunicado. O Exército israelense anunciou que vai atacar as posições do Movimento nacional de Resistência Hesbolá, que prometeu reagir à altura.

“Tudo está calmo e pacífico no lado libanês da fronteira, a situação está sob controle total. As unidades do Exército destacadas na área estão cumprindo suas tarefas em coordenação com a Força Interina da ONU para evitar qualquer provocação e manter a estabilidade na região sul. O comando apontou que o exército estava pronto para qualquer situação de emergência “, observou o comunicado.

O exército libanês acrescentou que permaneceu em contato tanto com Israel quanto com o Hesbolá, chamando-os a usar todos os mecanismos para diminuir as tensões e evitar uma maior desestabilização da situação.

No início do dia, o porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Jonathan Conricus, anunciou que o exército israelense estava lançando uma operação militar contra o Movimento libanês de Resistência Hesbolá na fronteira israelense-libanesa.

Israel considera a atividade do Hesbolá no Líbano e a presença desse movimento de resistência na Síria como uma ameaça à sua segurança nacional. O governo israelense discute a possibilidade de realizar um ataque com mísseis contra o Hesbolá.

Por sua vez, o Hesbolá advertiu que Israel receberá uma resposta contundente se decidir atacar o Líbano. A Resistência islâmica divulgou um vídeo no qual sei líder Hassan Nasrallah promete adotar represálias contra qualquer agressão israelense.

Prensa Latina


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259417

Publicado por em dez 5 2018. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS