Israel pressiona Trump para cancelar acordo nuclear com o Irã

O presidente dos EUA, Donald Trump, buscou um pretexto para cancelar o acordo nuclear internacional com o Irã, em parte devido ao conselho que ele recebeu do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e do conselheiro sênior da Casa Branca, Jared Kushner, disse um jornalista investigativo em Washington.

“Donald Trump está recebendo conselhos de duas pessoas muito problemáticas”, disse Wayne Madsen, autor e colunista especializado em inteligência e assuntos internacionais.

Kushner, o genro de Trump e seu consultor sênior, só está interessado em avançar os interesses de Israel, disse Madsen durante uma entrevista por telefone com a Press TV na terça-feira.

“E a outra pessoa é o amigo de Trump, Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro israelense, cuja amizade não só se estende para Donald Trump, mas até inclui o pai de Donald Trump”, disse Madsen.

“Não é surpreendente que Trump esteja tentando sabotar o acordo nuclear”, observou o analista.

Trump, que descreveu o acordo do Irã como “o pior de todos os tempos”, tem até 15 de outubro para decidir se deve certificar que o Irã está em conformidade com o acordo conhecido como Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA).

Funcionários dizem que o presidente dos Estados Unidos não certificará o acordo, algo que ele fez relutantemente duas vezes no passado. Isso apesar das reiteradas confirmações do órgão de vigilância nuclear da ONU de que o Irã está em conformidade com o acordo.

“Trump já mostrou que ele não tem nada além de desdém pelas Nações Unidas e, claro, que transporta para as agências especializadas da ONU”, como a AIEA, disse Madsen.

Em uma reunião da Casa Branca com altos líderes militares dos EUA na semana passada, Trump acusou o Irã de não cumprir o “espírito do acordo”.

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=256507

Publicado por em out 11 2017. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS