Israel em “alerta máximo” face a risco de ataque iraniano nos montes Golã

Num comunicado, o exército adiantou ter pedido às autoridades locais da zona para abrirem e prepararem os abrigos de defesa contra mísseis, pedindo à população para estar atenta às instruções das Forças de Defesa de Israel.

“O exército israelita está pronto a enfrentar diferentes situações e adverte que qualquer agressão contra Israel exigirá uma resposta vigorosa”, indica o comunicado.

Há dois dias os meios de comunicação israelitas, citando fontes da defesa, alertaram para um possível ataque iraniano com mísseis contra o norte de Israel em retaliação pelos bombardeamentos contra bases sírias que são atribuídos ao Estado hebreu.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, insistiu em numerosas ocasiões que o Irã procura estabelecer-se na vizinha Síria — Teerã é um dos principais aliados do regime de Bashar al-Assad -, assegurando que não o permitirá.

Em abril, um ataque com mísseis à base aérea T-4, conhecida como Tiyas ou Al-Tifur, localizada no centro da Síria, que causou pelo menos 14 mortos, incluindo pelo menos três iranianos, foi a atribuído a Israel.

Alguns dias depois, um assessor do Líder Supremo do Irã disse que o ataque não ficaria “sem resposta”.

Israel não fez qualquer comentário sobre o ataque, mas o ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, afirmou na altura que o Estado hebreu não aceitará que Irã se estabeleça na Síria.

“Não permitiremos uma fixação iraniana na Síria seja qual for o preço a pagar, não temos outra opção”, declarou Lieberman numa conferência de imprensa na zona ocupada dos montes Golã.

O Irã não reconhece Israel e o Estado hebreu vê Teerã como uma ameaça existencial e denuncia regularmente o seu apoio ao movimento libanês Hezbollah, poderosa milícia xiita que enfrentou numa guerra em 2006.

Agência Lusa


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258228

Publicado por em Maio 9 2018. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS