Irã: Trégua na Síria não deve servir para rearmar terroristas

Ministro da Defesa iraniano Brigadeiro General Hossein Dehqan
Ministro da Defesa iraniano Brigadeiro General Hossein Dehqan

Ministro da Defesa iraniano Brigadeiro General Hossein Dehqan, alertou que os apoiantes de grupos terroristas na Síria pode usar o acordo de cessar-fogo no país para rearmar os militantes.

Falando a repórteres em Teerã na terça-feira, Dehqan acrescentou que o cessar-fogo na Síria, que foi intermediado pela Rússia e os Estados Unidos e entrou em vigor na segunda-feira, é um desenvolvimento favorável procurado por todos.

“No entanto, o que é preocupante é que os apoiantes de grupos terroristas vão usar esta oportunidade para se rearmar e reorganizar os grupos terroristas, para que possam realizar operações mais brutais do que antes”, disse o ministro da Defesa iraniano disse.

Ele acrescentou que são necessários esforços globais para manter o cessar-fogo, a fim de enviar ajuda humanitária para os civis nas áreas sitiadas e preparar as bases para sírios para encontrar uma solução política para a crise no país.

Dehqan afirmou ainda todos os países devem respeitar o governo sírio legal e legítimo, porque a crise no país assolado pela guerra não pode ser resolvido por meio de abordagens militares.

O acordo de trégua foi anunciada na sexta-feira após conversações intensas entre o chanceler russo, Sergei Lavrov e Secretário de Estado dos EUA John Kerry. Os sete dias de duração cessar-fogo entrou em vigor no pôr do sol na segunda-feira.

Horas depois que entrou em vigor, um grupo de organizações militantes, incluindo o chamado Exército Livre da Síria e seus grupos afiliados, incluindo Ahrar al-Sham e Jaish al-Islam, publicaram uma declaração conjunta atacando o acordo e chamando-o de “injusto”.

O governo da Síria anunciou na terça-feira que os militantes hostis a Damasco teriam violado o cessar-fogo na cidade de Aleppo.

A Rússia tem vindo a realizar uma campanha aérea contra as posições militantes na Síria desde setembro de 2015. As operações foram lançadas a um pedido de Damasco, que há muito tempo tem acordos militares com Moscou.

presstv.ir


Nota da Redação:

Chumbo em todos eles que recebem ajuda e armamento dos EUA!

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=249727

Publicado por em set 13 2016. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS