Irã entrega componentes de GPS ao Líbano para foguetes do Hezbollah

O Irã entregou componentes de GPS ao Líbano por transformar os foguetes não-guiados do Hezbollah em mísseis guiados com precisão, disseram fontes de inteligência dos EUA e do Ocidente à Fox News.

O vôo número QFZ-9950 da Fars Air Qeshm do Irã partiu do Aeroporto Internacional de Teerã na terça-feira. Mais tarde naquele dia, o jato Boeing 747 aterrissou na capital da Síria, Damasco, antes de continuar para Beirute.

Fontes da inteligência ocidental disseram que os dispositivos GPS foram enviados para fabricar armas guiadas com precisão em fábricas iranianas no Líbano, semelhantes às que o Irã opera na Síria e no Iêmen.

 DEBKAfile: O avião iraniano não foi interceptado em nenhum ponto de seu voo de Teerã via Damasco para Beirute. A força aérea de Israel se absteve de voar missões sobre a Síria desde o envio de avançados sistemas de defesa aérea russos S-300 há um mês,O Irã se aproveita disso para aumentar as entregas de armas ao Hezbollah , como o DEBKAfile informou pela primeira vez em 14 de outubro.

Debkafile (site sionista)


Nota da Redação:

Aos poucos Israel vai vendo que a cada dia fica mais perigoso fazer suas incursões dentro do espaço aéreo alheio sem autorização; e também que os tempos são outros e o Hezbollah não é mais o mesmo de um ano atrás.

De outra forma, essa notícia pode ser mais uma falsa, para justificar mais ataques contra a Síria.

Mas, se Israel não sobrevoa a Síria há um mês com medo dos S-300 russos, é porque sabe através de sua inteligência e de outras, que se for dar uma voltinha nos céus daquele país, corre o risco de não voltar mais.

Triste…

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259184

Publicado por em out 20 2018. Arquivado em TÓPICO I. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS