Fragata francesa após disparar mísseis nega envolvimento na derrubada de avião russo na Síria

Fragata francesa dispara mísseis a partir do Mediterrâneo

Um navio da Marinha francesa durante exercícios (arquivo)

Sistemas russos de controle do espaço aéreo detectaram o lançamento de mísseis a partir da fragata francesa Auvergne, localizada no mar Mediterrâneo, segundo informou o Ministério da Defesa da Rússia na noite desta segunda-feira.

Há pouco, militares baseados em Hmeymim, na Síria, informaram que um avião russo Il-20 teria desaparecido dos radares na região, com 14 soldados a bordo, quando sobrevoava o mar Mediterrâneo. Até o momento, não há informações sobre qualquer relação entre os dois casos.

Mais cedo, a mídia síria noticiou um ataque por uma força desconhecida contra a cidade costeira de Latakia, na Síria.

Uma fonte local disse à Sputnik que havia drones e mísseis envolvidos, enquanto outra declarou que os disparos teriam sido feitos a partir do mar.

Sputnik

_______________________________________

Nota da Redação:

Tanto Israel quando a França negam autoria e responsabilidade na atitude criminosa e premeditada para atacar a Síria e de sobra, derrubar um importante avião espião russo.

Certamente os russos darão uma resposta nos próximos dias.

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258994

Publicado por em set 18 2018. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

2 Comentários para “Fragata francesa após disparar mísseis nega envolvimento na derrubada de avião russo na Síria”

  1. Marcos

    Lamentavelmente foi a defesa aérea Síria, era inevitável?

  2. Alves

    Duvido muito a Rússia e muito devagar.

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS