Forças russas possuem 30 vezes mais mísseis de cruzeiro que há 6 anos atrás

O número de mísseis de cruzeiro à disposição do Exército russo aumentou 30 vezes nos últimos seis anos, relatou o jornal das Forças Armadas russas, Krasnaya Zvezda.

Além disso, a quantidade de portadores de baseamento terrestre, marítimo e aéreo cresceu mais de 12 vezes, diz a matéria do jornal.

Krasukha 4, sistema de guerra eletrônica móvel
© SPUTNIK / PAVEL LISITSIN
Mídia destaca sucesso da Rússia em combater armas ‘mortíferas’ dos EUA

O aumento se deve antes de tudo à entrega de sistemas de mísseis tático-operacionais Iskander-M, bem como de navios e submarinos equipados com mísseis de cruzeiro Kalibr.A mídia também informou que o país está terminando o desenvolvimento de drones capazes de alcançar qualquer destino na Europa continental, se decolarem da região de Kaliningrado (parte mais ocidental da Rússia) ou de voar até o Canadá se partirem do distrito autônomo de Chukotka, no Extremo Oriente do país.

“Estamos terminando o desenvolvimento de sistemas inovadores capazes de efetuar tarefas a uma distância de até três mil quilômetros”, diz o artigo.

Segundo informações, a Rússia criou nos últimos seis anos quase 40 unidades militares especializadas em veículos aéreos não tripulados, que receberam mais de 1,8 mil drones capazes de realizar operações de reconhecimento a distâncias de até 500 quilômetros.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259280

Publicado por em nov 6 2018. Arquivado em TÓPICO IV. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS