Exército sírio mantém cercado 9 postos turcos na cidade de Idlib, pronta para o confronto

O exército sírio já alvejou 9 dos 12 postos avançados turcos montados na província noroeste de Idlib, enquanto os dois exércitos se preparam para um confronto final sobre a última província síria que ainda se mantém contra o regime de Assad.

Ancara reforçou seus postos avançados de Idlib no setor leste da província, depois que bombardeios sírios mataram oito tropas turcas e o exército sírio chegou aos arredores da cidade de Idlib.

No sábado, 8 de fevereiro, uma delegação russa de alto escalão chegou a Ancara para tentar evitar um confronto total entre os exércitos turco e sírio sobre Idlib. Enquanto isso, na sexta-feira à noite, o exército turco aumentou sua força com reforços. Um grande comboio de 150 APCs carregando forças especiais de comando turco cruzou a fronteira e o exército turco foi colocado em prontidão para a guerra. Na terça-feira, eles estavam cumprindo o voto do presidente Recep Erdogan de não permitir que forças sírias ganhassem território adicional na província de Idlib.

Mas dois dias depois, ele enfrentou o constrangimento dos ganhos militares sírios. Os sírios reagiram a essa ameaça empurrando para os arredores do sul da cidade de Idlib e capturando Maarat al-Numan e Saraqib de rebeldes sírios pró-turcos, com a ajuda de milícias xiitas afegãs sob o comando de oficiais da Guarda Revolucionária Iraniana e o apoio de pesados Bombardeios aéreos russos. As duas cidades estratégicas controlam as ligações da rodovia norte M4 e M5 para Alepo e Damasco.  

Erdogan ameaçou Moscou que, se o impulso sírio continuasse com o apoio da força aérea russa, o pacto de Astana, que Moscou iniciou há dois anos entre Rússia, Turquia e Irã para uma resolução política acordada do conflito sírio, desmoronaria. As batalhas de Idlib já geraram uma saída massiva de refugiados da província. Erdogan ameaçou que, se o exército sírio continuar sua campanha, ele não impediria um fluxo estimado de 1,5 a 3 milhões de refugiados que se espera que entrem na Turquia cheguem à Europa.
Debka file (site israelense sionista)

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=261602

Publicado por em fev 10 2020. Arquivado em TÓPICO I. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS