Exército iraniano descarta possibilidade de cúpula com EUA: ‘Irã não é Coreia do Norte’

 

Tais palavras foram ditas pelo comandante da Guarda Revolucionária Islâmica, que rejeitou a declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, de que está disposto a se reunir com os líderes do Irã.

O comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, Mohammad Ali Jafari, afirmou que as autoridades iranianas nunca se encontrarão com o presidente norte-americano, ou quem quer que seja seu sucessor.

“Senhor Trump, o Irã não é a Coreia do Norte e não responderá a seu pedido [de realizar uma reunião]”, disse Jafari em uma carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, citada pela agência Fars. Sempre em referência à possibilidade de um encontro entre as autoridades dos EUA e do Irã, também sublinhou que “esse sonho não será realizado até o fim de sua presidência [de Donald Trump], e até mesmo o próximo presidente norte-americano não vai vê-lo”.

As palavras de Jafari respondem à afirmação feita na segunda-feira (30) por Trump, quando disse estar disposto a se reunir com os líderes do Irã “quando eles quiserem” e “sem nenhuma condição prévia”.No início de maio, o presidente americano anunciou a saída dos Estados Unidos do acordo nuclear iraniano, assinado em 2015. Ao deixar o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), Washington adotou novamente uma série de sanções contra o país iraniano, que haviam sido retiradas diante da promessa de Teerã de manter a natureza pacífica de seu programa nuclear.

Para enfatizar ainda mais sua posição política, os EUA se empenham em sufocar economicamente o Irã através de sanções e pressionam seus aliados a não comprar petróleo iraniano, a fonte de renda mais importante do país.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258736

Publicado por em ago 1 2018. Arquivado em TÓPICO III. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS