Ex-secretário-geral da OTAN defende envio de armas letais para Ucrânia