EUA recusam apresentar provas de suposto ataque químico de Damasco

 

 

 Autoridades da Síria desmentem informação sobre planos de um ataque químico Autoridades da Síria desmentem informação sobre planos de um ataque químico

Durante a coletiva de imprensa dedicada à última declaração da Casa Branca sobre a suposta preparação para um ataque químico por parte das autoridades sírias, Heather Nauert, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, respondendo à questão se Washington vai dizer algo de concreto sobre os ataques químicos na Síria, simplesmente disse “não”.
“Nunca [as provas] seriam apresentadas. Porque o assunto é abordado como uma questão da inteligência. Como vocês sabem, surgem alguns temas que nós não podemos detalhar. Mas este assunto atraiu a atenção das autoridades americanas ao mais alto nível”, disse a porta-voz da diplomacia americana.

Ela destacou também que os EUA não acreditam nos desmentidos de Damasco em relação ao assunto. “Sabemos pela experiência passada que o regime de Assad usou armas químicas contra seu próprio povo, e isso nos preocupa muito”, concluiu Heather Nauert. 

Na tarde do dia 26 de junho de 2017, a Casa Branca informou ter indícios sobre a suposta preparação de um ataque químico por parte do governo sírio. Para Washington, o eventual ataque seria o segundo deste ano. O primeiro foi o bombardeio da cidade de Khan Shaykhun, embora Damasco rejeite categoricamente tais acusações.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=255565

Publicado por em jun 29 2017. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS